Pages

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Um jardim de sonhos

O dia hoje foi chuvoso, acho que o céu me entende muito mais que eu mesma. Voltando do trabalho me lembrei de Rubem Alves, cronista a quem muito admiro. Lembrei de seus textos sobre jardins...
Jardim são nossos sonhos que fez amor com a terra.
Fiquei a pensar no meu jardim. Olhei pro meu jardim.
Vi muita terra ainda não plantada, vi plantas grandes, fortes, verdes... vi plantas florescendo, tons verdes-avermelhados de plantas novas que acabam de surgir, flores brancas, amarelas, vermelhas, de todos os tamanhos, algumas já no seu final e outras que estão se preparando pra surgir, vi que elas também tem espinhos e isso acaba dando um charme, afinal não existem rosas sem seus espinhos. Vi plantas que não foram plantadas mas insistem em estar por la...
É difícil olhar por muito tempo pro nosso jardim. Existe belezas, mas também existe mistérios e dor.
A flor que murchou, que insistiu em não nascer. A planta que parecia forte e foi atacada por insetos...
Que jardineiro fui até hoje? Que jardineiro posso ser?
Tenho medo de não ter cumprido direito minha função e não possa entregar direitinho o meu jardim.
Tenho medo... e me sinto tão vulnerável... ao vento, a chuva forte, o sol em excesso...
Quero continuar plantando sonhos, sonhos de uma vida feliz... pra mim... pra você...
Quero nossa flor perfumando todo o ambiente, quero cores, quero amores... sempre!
Bom... pelo menos tenho um jardim, não posso reclamar. Vamos trabalhar! Flores pra você!

6 comentários:

Lori disse...

Ei! Descobri q não sou uma boa mãe de bonsai, mas tbm descobri o Sr. Pedim, que cuidou do meu mini buganvile pra mim e ele feito fenix ressurgiu das cinzas e agora tá se enchendo de lindas flores rosa. Como eu te amo se tu quiser eu te empresto o Sr. Pedim.
kkkkkkkkkkkkkkkkk

Adriano DiCarvalho disse...

E não restou mais nada para dizer... Apenas, que, sempre somos o melhor jardineiro que por hora podemos ser!

Foi bom ter lido isso. Obrigado.

HG disse...

Jardim é dia-a-dia, é cotidiano, é rotina... pra ser ser beleza!

Borboletas nos Olhos disse...

Ai, ai, ai, porque sou péssima jardineira, no meu quintal só vai dar capim mesmo...Acho lindo como você consegue fazer, do cotidiano, poesia. Bjs e bjs

Belos e Malvados disse...

Engraçado...só agora, depois de ler este texto, percebi que de todas as casas onde morei até hoje a que mais sinto falta é a única que teve um jardim de fato.

Janaina Cruz disse...

Olá Danielle, eu também comecei o meu blog sem saber bem o que fazer dele, mas o tempo nos encarrega de descobrir, sei que os amigos que ganhei por lá são grandes presentes, vale muito à pena viu??
Eu também falei de jardins no meu post de hoje, de jardins e fadas...
Amei teu cantinho , passo a seguir-te!