Pages

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Minha menina cresceu

Como é difícil enxergar o óbvio: minha menininha cresceu. Terminou o ensino médio, já tem 17 anos, faltam 5 meses e alguns dias pros dezoito.
Era tudo tão simples quando nasceu!
Chorava e eu estava lá pra amamentar, trocar a fralda, dengar...
Chorava e era hora de querer engatinhar, andar, chorava nas tentativas frustadas.
Chorava e era a hora de acordar pra ir pra escola -  "só mais um pouquinho mãe".
E agora já não chora mais... não o choro de "corre mãe" e pronto, tudo resolvido. Já não posso mais resolver sua vida, já já nem saberei de todos os seus passos, das suas companhias...
Que saudade da minha pequenina quando eu a embalava ao som de...
"Olha que coisa mais linda
Mais cheia de graça
É ela menina
Que vem e que passa
Seu doce balanço, a caminho do mar
"
 "Quando eu vim para esse mundo
Eu não atinava em nada
Hoje eu sou Gabriela
Gabriela ê meus camaradas"
 "Fonte de mel
Nos olhos de gueixa
Kabuki, máscara
Choque entre o azul
E o cacho de acácias
Luz das acácias
Você é mãe do sol" 
"Se essa rua
Se essa rua fosse minha
Eu mandava
Eu mandava ladrilhar
Com pedrinhas
Com pedrinhas de brilhante
Só pra ver
Só pra ver meu bem passar"

Que saudade de embalar minha pequenina, mas que felicidade em vê-la crescer, florescer para o mundo, cheia de novas possibilidades. Não cabe mas no meu colo... nem no mundo!
Te amo!

domingo, 21 de novembro de 2010

Por que não hoje? Te desafio!

Faz dias que penso nesse post. Tem coisas que me incomodam muito: grosserias. Uma palavra dita num tom ríspido, um gesto, uma fraze dita para magoar... qualquer coisa que seja pra ferir, pra constranger, ofender... E por que as pessoas fazem esse tipo de coisa? Eu poderia ficar aqui dando milhares de justificativas ou sugerindo outras tantas, poderia falar da minha indignação, exemplificar... Mas resolvi mudar o rumo dessa prosa...
Que tal nos inspirarmos no Zeca Baleiro quando ele canta... Por isso hoje eu acordei com uma vontade danada de mandar flores ao delegado, de bater na porta do vizinho e desejar bom dia, de beijar o português da padaria... ou ainda Marisa Monte O mundo é uma escola, A vida é o circo, Amor palavra que liberta, Já dizia o Profeta.
É preciso falar do que nos indigna sim, mas é preciso agir. Agir em favor do que é bom. Agir para contagiar o mundo com amor. Sair jogando sementes...
Minha cabecinha começou a lembrar de uma porção de coisas que podiam ilustrar esse post, que podiam explicar melhor o que estou sentindo. Sai buscando ajuda, lembrei de um filme antigo mas atual veja um trecho dele aqui

Será que podemos mudar o mundo? Será que podemos ser Gentil, simplesmente...
Saimos por ai falndo/escrevendo, distribuindo comentários... e no mundo real o que estamos fazendo?
E não precisa ser nada mirabolante, extraordinário. Posso fazer dar bom dia ao vizinho, ser agradável numa fila, ajudar um amigo ou um desconhecido com uma visita, um carinho ou qualquer outro tipo de ajuda.

E ai, aceita o desafio?
O que você pode fazer para mudar o mundo?

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Voltei!

Voltei! Voltei! Contem a todos... voltei!
Deu pra notar minha ansiedade, ou que sou mesmo uma pessoa ansiosa, com pressa, que não gosta muito de esperar. Passei uns 15 dias pelo menos sem acesso (normal) à internet, é... digo normal porque usar o pc do irmão, ver um e-mail na casa da amiga, usar o 3G junto com a filha quando o marido chega em casa definitivamente não é ter internet, e como o mundo virtual faz parte da minha vida... me senti meio pelada nesses dias, como se tivesse me mudado e deixado uma caixa importante na outra casa.
Nem acreditei quenco vi "velox conectada" no cantinho do pc... Abrir e-mail, olhos do coração... ver saldo do banco, pesquisar "coisinhas" que faltam pra monografia, pesquisar sobre novo trabalho, etc, etc... Sabe o que fiz primeiro? Talvez a Borboleta ou a Lory acertem mas os amigos virtuais tenham alguma dúvida em acertar... Fui primeiro ver os blogs listados no "Não vivo sem..." e não vivo mesmo, foi como dar um telefonema e dizer, conta tudo, como você está?, O que aconteceu todos esses dias em que não pude lhe visitar?...
E como foi gostoso ler os textos que eu ainda não tinha visto e muito mais pela surpresa recebida quando abri logo o primeiro...
Tinha assim:
Bom, o negócio é que tenho três selos pra postar. É sobre isso esse post. Sempre que recebo um selo fico contente. Não, isso não é verdade. Sempre que recebo um selo fico eufórica. Porque alguém pensou em mim e, no meio de tanta gente legal, de tantos blogs interessantes, gostou das minhas palavras o suficiente pra me escolher. Ah, eu sou vaidosa disso. Gosto de ser escolhida. Gosto de ser lembrada. Gosto de ser querida. Tem gente que não se importa com selos? Eu me importo. Porque cada selo recebido é, pra mim, como um abraço ou um elogio. Quem recebe meus selos também pode imaginar exatamente isso: um afago, um carinho, um abraço que eu queria dar, um café com bolo que eu queria partilhar, umas cervejas que eu gostaria de derrubar junto. Então, a eles.

O primeiro é um selo: Esse Blog Me Faz Feliz. Quem me indicou foi a So Sad. As regras são simples: 1. citar 03 coisas que me fazem feliz; 02. Postar uma piada, imagem, post, encontrada na net e que se pareça comigo; 3. passar adiante o selo pra 06 blogs que me fazem feliz. Voilá:(...) 3. Os Blogs que me fazem feliz: (...)

Olhos do Coração. O blog me faz feliz. Mais além, a amizade da Dani me faz feliz. Faz feliz com seu jeito doce de ver a vida. Me faz feliz com seu jeito forte de viver a vida. Me faz feliz quando concordamos. Me faz feliz quando discordamos. Me faz feliz até quando choramos, porque sei que choramos de amar demais. 


Então mais importante do que escrever sobre a alegria de voltar é escrever sobre a alegria de receber esse carinho. Meu primeiro selo, o carinho de uma grande amiga e de poder escrever sobre felicidades então vamos lá!

01 - 3 coisas que me fazem feliz

* Saber que a vida é um eterno recomeço. Viver me deixa feliz!
* Os meus. Filha, marido, família, amigos... todos meus, bem pertinho de mim.
*e os da borboleta: "sexo, dançar, papear"

02 - imagem, post, piada, encontrada na net parecida comigo... não é parecido, sou eu mesma numa das versões.


Danielle Martins

sábado, 3 de abril de 2010

Meu começo, minha mãe, minha imagem, minha esperança, meus sonhos, minhas vontades, meu passado, meu presente, meu futuro.
Meu meio.
Minha cabeça, meu coração, meu juízo, meu pés no chão. Minha estrela; meu sol e lua. Minha vírgula, minha interrogação, minha exclamação, meu ponto. Minha canção de ninar. Minhas palavras e meu silêncio. Meu sentido e meu senso. Minha crítica e minha argumentação. Meu "por quê", meu colo. Meu suspiro, meu ciúme, meu, meu. Minha comédia, meu drama, minha aventura. Meu dia-a-dia, minha rotina, minha surpresa, meu espelho, meu guarda-roupa, meu choro, meu riso. Meu acerto, meu erro. Meu doce, meu amargo. Meu final de mês, meu início de estação. Minha vontade de viver.
Meu fim.

3. passar adiante o selo pra 06 blogs que me fazem feliz:

Primeiro não posso deixar de falar do Borboleta nos olhos que foi quem o por quem eu tenho blog, ela e emociona, me deixa feliz em acompanhar o que está sentindo, o que está vivendo... me faz feliz e ponto.

Mais outra vez... esse não pre cisa de explicação. Ela é linda, inteligente, escreve muito bem. Feliz e orgulhos, tem esse selo? E ainda é minha filha.

Travessia é um blog que contagia, ter o privilégio de ver o mundo com os olhos e o coração da Hertênia me faz feliz a cada clic. Sua alegria, seu companheirismo, sua mansidão, seu entusiasmo faz o dia mais gostoso.

Contra a Maré a gente só não se vicia nele porque vez ou outra ele some. Blog inteligente com muito bom humor.

Só miolo de pote tudo bem que é um blog coletivo e que faço parte dele mas ele me faz muuuuito feliz. Escrever com essas amigas me faz feliz, compartilhar o que sentimos me faz feliz e ter os vínculos que serão "para sempre" não tem preço. Fica combinado que uma escolhe pra falar do selo, ok?!

Inércia ela é linda, o que ela escreve é lindo. Fico feliz toda vez que vou por lá, fico feliz toda vez que ela vem por aqui. Sinto suas palavras como música, como poesia...

A sombra do mar me emociona, me deixa feliz em falar do que estamos sentindo, do que pensamos, do que queremos. Ele me deixa uma pessoa feliz e melhor.

Ainda tinha mais que me fazem feliz, porque temos que escolher o tempo todo? Chato isso, né?!

Adorei meu retorno!
Estou FELIZ!!!

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Se a velox deixar eu volto já...

Vocês devem estar pensando: a mulher casou e esqueceu do blog, abandonou tudo e todos. ERRADO!!!
Com a mudança de endereço tive que pedir transferência do meu telefone e net, logo a OI ainda não resolveu, porque é muito difícil trazer uma linha telefonica e uma internete pra 5 quarteirões, nem de jumento demoraria tento. Mas hoje meu maridinho resolveu fazer uma boa ação: deixou o 3G em casa e vamos as atualizações!!!
Nesses 15 dias não visitei meus amigos virtuais mas fiz uma porção de coisas que há muito não fazia. Recebi amigos, inalgurei casa nova, fiz comidinhas cheia de carinho (vejam o café da manhã da Gabi no vídeo), arrumei árvore de natal, preparei almoço pros amigos da Gabi, etc. Pra quem não tirava férias há 6 anos essa vai ficar pra história.
Mas fica o registro - não existe essa ou aquela que gosto mais, na verdade eu gosto de tudo do velho e do novo, na novidade e da rotina. Então...estou adorando as novidades mas morrendo de saudade de ler meus blogueiros de todo dia, de postar no coração pra vocês. Aguenta só mais um pouquinho que eu tô chegando!
Velox coopera!!!!!!!
video