Pages

domingo, 5 de junho de 2011

"Não somos apenas o que pensamos ser.
Somos mais; somos também, o que lembramos e aquilo de que nos esquecemos; somos as palavras que trocamos, os enganos que cometemos,
os impulsos a que cedemos,
'sem querer'."
Freud

e completo... se não somos nem mesmo o que pensamos será que podemos ser o que queremos?

11 comentários:

Belos e Malvados disse...

Mais pura verdade. Bjos.

Luciana Nepomuceno disse...

Baby, como na canção: somos quem podemos ser, sonhos que podemos ter...

(Freud é phynno)

Long Haired Lady disse...

as vezes somos, as vezes não…
ainda procuro parte de mim que se perdeu …

beijo linda! fica bem!

Atitude do pensar disse...

Por isso que somos sendo, uma eterna construção. Não nos limitamos há uma esfera, somos vários...

Patrícia ♥ disse...

Que lindo o seu cantinhoo..
adorei aqui!!

estou seguindo..
retribui??

beijos
http://pathyoliver.blogspot.com
http://momentosdapathy.blogspot.com

Shuzy disse...

Sou o que deixo de ser... O que os outros pensam e o que nem eu mesma imagino que seja!

Adoro vc, Dani*

♪ Sil disse...

Sou, somos, seremos..

Dani, que belo texto!

Um abração pra ti!

Lori disse...

Minha irmã, nós tamo é lascadas!!!!!!!!!!!!!
kkkkkkkkkkkkkkk
Tem jeito não!!!

ϟ Cynthia Brito disse...

Nós somos os nossos atos, os nossos pensamentos e as pessoas com quem escolhemos (con)viver!

Eta identidade fodaaaa!

Bom fim de semana, Dani!

e um feliz dia dos namorados :D

beijos

por Hope* disse...

Quem sou eu para duvidar de Freud!
#Amém!
;)
Bjk!

Wilton disse...

Prefiro acreditar que talvez exatamente por não sermos o pensamos ser é que podemos ser o que queremos...
Beijinho carinhoso.