Pages

sábado, 2 de outubro de 2010

Sem AMOR eu nada seria

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse Amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom da profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse Amor, nada seria. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, se não tivesse Amor, nada disso me aproveitaria. O Amor é paciente, é benigno; o Amor não é invejoso, não trata com leviandade, não se ensoberbece, não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal, não folga com a injustiça, mas folga com a verdade. Tudo tolera, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O Amor nunca falha. Havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; porque, em parte conhecemos, e em parte profetizamos; mas quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado. Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino. Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; mas o maior destes é o Amor. 1ª Epístola aos Coríntios

                                                                                                             Senhor meu Deus
Que eu possa aprender a AMAR,
que eu possa distribuí-lo por onde passar, 
que eu possa vê-lo chegar
Que eu o torne a minha verdade
que eu o reconheça ao despertar
por estar viva, 
pelo receber o sol ou da chuva
Que eu o tenha (o amor) na presença de todos vocês
e eu saiba mantê-lo
Que eu saiba recebê-lo
Que eu saiba demonstrar a você!


Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive e vi sem me deixar
Sentir sem conseguir provar
Sem entregar
E repartir
Pra você guardei o amor
Que sempre quis mostrar
O amor que vive em mim vem visitar
Sorrir, vem colorir solar
Vem esquentar
E permitir
Quem acolher o que ele tem e traz
Quem entender o que ele diz
No giz do gesto o jeito pronto
Do piscar dos cílios
Que o convite do silêncio
Exibe em cada olhar
Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar
Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar
Pra você guardei o amor
Que aprendi vendo meus pais
O amor que tive e recebi
E hoje posso dar livre e feliz
Céu cheiro e ar na cor que arco-íris
Risca ao levitar
Vou nascer de novo
Lápis, edifício, tevere, ponte
Desenhar no seu quadril
Meus lábios beijam signos feito sinos
Trilho a infância, terço o berço
Do seu lar
(...)
Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar
Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive e vi sem me deixar
Sentir sem conseguir provar
Sem entregar
E repartir
Quem acolher o que ele tem e traz
Quem entender o que ele diz
No giz do gesto o jeito pronto
Do piscar dos cílios
Que o convite do silêncio
Exibe em cada olhar
(...)
Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar

 Falamos tanto de amor e estamos tão longe de ter toda sua essência, somos ainda tão pequenos diante dele... mas podemos tentar, caminhar para conquistá-lo, e conseguir!
Na minha pequenez digo sempre que AMO. E na verdade me sinto cheia de amor. E mesmo que ele ainda não seja um amor perfeito vou tentando acertar, vou tentando melhorar na forma de amar e vou tentando fazer "você" entender que hoje essa é a melhor forma que tenho de amar. Se ainda não é suficiente, me perdoa mas deixa eu te amar?

5 comentários:

wilton disse...

Saber que somos tão pequenos é sabedoria; sentir-se cheia de amor, tentar se aperfeiçoar e entender sua essência é sutileza e humildade...
Sua forma de amar e suas virtudes são lições para a vida e me inspiram...
Um beijo terno.
Te amo!

Belos e Malvados disse...

Sabe que penso nisso direto? O que é amor de verdade? Acho que não tem resposta. Ou ela é incrivelmente individual.

HG disse...

Devia ser assim:
Eu AMO
Tu AMAS
Ele AMA
Nós AMAMOS
Vóis AMAIS
Eles AMAM...

Sempre e para sempre...
Um beijo cheio de amor....

so sad disse...

eu fui "agraciada" para viver um amor intenso, louco, abnegado, turbulento, que tudo perdoa, eu SEI que sou feliz só por sentir esta intensidade em mim...
beijo!

Shuzy disse...

Essa música... Esses teus escritos... Tudo ficou numa melodia perfeita e linda!