Pages

domingo, 17 de outubro de 2010

Sobre essa tal FELICIDADE

"Tristeza não tem fim
Felicidade sim..."
Outro dia ouvi um questionamento sobre sermos felizes, sobre o evangelho "a felicidade não é deste mundo", não podemos fazer uma interpretação radical. Não tenho dúvida que, nem a fortuna, nem o poder, nem mesmo a juventude florescente, são condições essenciais da felicidade; e ainda mais, que nem mesmo a junção destas três condições, tão desejadas, conseguem trazer a nós o verdadeiro sentimento de ser feliz. Mas ela existe, na comunhão com nossa família, com nossos amigos, nas conquistas do dia a dia, nos momentos de celebrações, na gentileza, na amizade.
"Dizem que sou louco
por pensar assim
Se eu sou muito louco
por eu ser feliz
Mas louco é quem me diz
E não é feliz, não é feliz "
Pois se preciso ser Louca, sou louca ma quando olho pra minha filha, recebo o carinho do meu amado, o colo dos meus amigos, a convivência com minha feliz, por maiores que possam parecer os problemas eu posso afirmar que ela existe sim e é preciso educar nossos olhos e nosso coração pra que ela possa ser visível aos olhos.
"Um jeito, um gesto, um golpe de ternura e a vida volta
logo pro lugar
Uma palavra é uma coisa dura só sentimento podelibertar
O tempo faz o jogo dos desejos eu sei que você sabe esperar
O dia amanhecer por entre os dedos, e aí saber que o
sonho é bom demais
Felicidade, brilha no ar, como uma estrela que não está lá
É uma viagem, doce magia, uma ilusão que a gente não escolhe
Mas que espera viver um dia
Felicidade, quando estou em sua companhia
Brilha no ar, e nos seus olhos me deixou bilhar
Felicidade, eu vejo aquela estrela fantasia, mesmo
sabendo que ela não está lá
Felicidade, brilha no ar, como uma estrela que não está lá
Conto de fadas, história comum, como se fosse uma
gota d' água
Descobrindo que é o mar azul "
Ai respondo também o questionamento com o evangelho que diz:
"Vinde a mim, todos vós que estais aflitos e sobrecarregados, que eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei comigo que sou brando e humilde de coração e achareis repouso para vossas almas, pois é suave o meu jugo e leve o meu fardo". (S. MATEUS, cap. XI, vv. 28 a 30.)
E para complementar esses ensinamentos:
"Pedi e se vos dará; buscai e achareis; batei à porta e se vos abrirá; porquanto, quem pede recebe e quem procura acha e, àquele que bata à porta, abrir-se-á.
Qual o homem, dentre vós, que dá uma pedra ao filho que lhe pede pão? - Ou, se pedir um peixe, dar-lhe-á uma serpente? -Ora, se, sendo maus como sois, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, não é lógico que, com mais forte razão, vosso Pai que está nos céus dê os bens verdadeiros aos que lhos pedirem? "(S. MATEUS, cap. VII, vv. 7 a 11.)
É só pedir, saber pedir e saber o que pedir.
Minha lista de pedidos de hoje:
1. Pai de bondade e infinita misericórdia que minha Gabi te encontre e te dê graças, que veja as belezas que nos presenteastes, que se sinta amada e FELIZ!
2. Que encontremos nossos caminhos (verdadeiros), que enxerguemos nas dificuldades o aprendizado, que busquemos um caminho onde possamos semear bons frutos,
3. Que sejemos merecedores de sua bondade infinita, com a saúde dos meus familiares e a comunhão do dia a a dia,
4. Que a oportunidade que Nos foi dada de construir essa nova vida, que inicia nesse momento, seja bem aproveitada e que nosso lar seja motivo de alegria, fraternidade e cuidados um com o outro.
5. Que essa corrente de pessoas conquistadas que gentilmente me chamam de amiga, possam viver em harmonia e paz e que estejemos sempre a compartilhar na alegria e na tristeza, na saúde e na doença e em todos os momentos das nossas vidas,
6. Que o perdão seja uma prática constante. Que não perca meu tempo me aborrecendo com coisas bobas e fúteis, que eu possa encher meu coração e meus pensamentos de amor e que ele seja suficiente pra não levar comigo rancores e dessabores,
7. Que o pão nosso de cada dia (seja carioquinha com ovo, seja pão de canela, seja torradinha com requeijão) tenha sabor de compartilhar. Almoço de domingo, filha, mãe, pai, irmãos, cunhados, sobrinhos e companheiro. Amigos e desconhecidos. Que em cada momento em que possa estar diante do que alimenta meu corpo eu veja o alimento da alma,
8. Que eu tenha oportunidade de todos os dias ser feliz quando eu escuto o "eu te amo" da Gabi, o "bom dia minha princesa" do Wil, as histórias da mamãe, o "diz irmã" do Daniel, o "descupa aí..." do meu cunhado predileto, a mensagem/telefonema das amigas que estão longe pra contar cada conquista, a partilha de uma vida...
9. Que aproveitemos a modernidade pra conquistar o convívio de que a distância nunca deixaria que convivessemos ou conhecessemos:, é os blogueiros não podiam deixar de entrar nas minhas orações,
10.Que eu tenha o dom de CONTAGIAR! E que eu possa distribuir todos os bons sentimentos que habitam dentro de mim.
Amo você!

9 comentários:

so sad disse...

a felicidade existe aqui sim, nao teria sentido a vida se não fosse assim.beijo!

Borboletas nos Olhos disse...

Minha querida e amada, um post complexo e belo. Significativas preces. Importantes. Torço pela sua felicidade, muito e sempre.
E que bom que você voltou, os nossos olhos ficam mais tristes quando não vêem juntos com os olhos do seu coração. Bjs

HG disse...

A felicidade existe! E Ela é nossa!

wilton disse...

A felicidade é desse mundo sim, meu amor. Temos que vivê-la, buscá-la sempre e torná-la contagiosa. Fico emocionado por ver você assim... Amo o que você escreve, amo tudo que vem de você, amo você!

Shuzy disse...

MtO bonito esse!

Lori disse...

Que assim seja!!!

Belos e Malvados disse...

Bela lista de pedidos, Daniele. Eu digo: amém.

João Lenjob disse...

Vim comunicar que meu blog, http://lenjob.blogspot.com,está atualizado com cinco poemas novos e pedir para que visite e comente nos posts de http://castelodopoeta.blogspot.com, para que ele se torne o canal artístico interativo mais interessante do país. Estamos trabalhando muito pra isso.

João Lenjob

Dentro de Mim
João Lenjob

Edito a tua vida
Te invento querida
Te afastas de mim
Faço a manutenção
Com toda questão
E nem sinto dono de mim
Sofro com tua dor
E a tua lágrima sai antes em mim
(De mim)
E como feres meu peito
Crava com jeito um punhal de sentimento
Ou a falta dele
Queria um pouco pra mim.

Arnoldo Pimentel disse...

Passei para conhecer seu blog, gostei muito.Texto muito bom mesmo, já te sigo.parabéns e tudo de bom pra você.Se puder visite meu blog, ficarei honrado com sua visita,beijos.

ventosnaprimavera.blogspot.com