Pages

quarta-feira, 27 de abril de 2011




"Quem tenta ajudar a borboleta
a sair do casulo a mata.
Quem tenta ajudar um broto
a sair da semente o destrói.
Há certas coisas que não podem ser ajudadas.
Tem que acontecer de dentro para fora."

(Rubem Alves)

13 comentários:

Nair Morbeck Sobrinha disse...

A natureza é sábia e aprendemos com ela..Lindo isso!

Shalom

Semi-ruiva ϟ disse...

Que texto lindo! Meus parabéns, gostei muito do seu blog. Super organizado e interessante.

http://semi-ruiva.blogspot.com/

Walquiria disse...

Saudades daqui...

Qto ao post: é um processo né? Nem sempre fácil, mas necessário.


Bjs doces

por Rapha C.M. disse...

Lembrei que há um tempo atrás meu jardim estava cheios de casulos, mas não sabia o que era aquilo, já tinha pedido para o jardineiro para dá um jeito no que eu achava ser uma praga qualquer... Dias depois, o jardim estava repleto delas, de todas as cores... Eu comentei com o tal jardineiro, não sei de onde vieram tantas, e ele disse daquela praga que teve por aqui, rsrsrs... Me senti além de burra lógico, uma criminosa, rsrsr..
Muitas vezes para admirarmos a beleza, precisamos suportar o que não é tão belo, o caminho nem sempre é fácil, mas precisamos percorre-lo!
Um Bjoo!

Noe* disse...

Infelizmente, ou felizmente rs

Algumas coisas simplesmente não podem ser respondidas. O bonito ta é no mistério, né? (sobre o comentário no blog).

Bjks =*

Atitude do pensar disse...

São citações como essa que me enchem os olhos, e o coração.
Amo, amo o Ruben Alves, mas essa não me era conhecida.

Lori disse...

nos brotinhos lá da sidam a gente bota umas coisinhas pra ajudar, estrume, vitaminas e coisas e tal. ajuda é muito!!!

Belos e Malvados disse...

Mais pura verdade!

por Rapha C.M. disse...

Dani, tenho selinho para vc lá no blog!
Bj!

Long Haired Lady disse...

a quietude de amar, e deixar ser...

Amapola disse...

Boa noite, querida amiga Danielle.

Maravilhoso!! Cada metamorfose se faz sozinha.

Um grande abraço.
Felicidades!!

Valéria Sorohan disse...

Na primavera, tudo fecunda. Tudo tem seu tempo.
Dani, adorei conhecer seu blog, super colorido e bacana. Sua visita me honrou.

BeijooO*

Arnoldo Pimentel disse...

Sábias palavras, pois a natureza deve seguir seu próprio rumo.Beijos