Pages

terça-feira, 25 de outubro de 2011

 Estou numa montanha russa! Um turbilão de sentimentos que mudam e voltam a mudar em questões de minutos, venho aqui e quero dizer a você o quanto estou radiantemente feliz ou o quanto estou triste e magoada mas quando venho nem mesmo eu sei o que estou sentindo ou talvez tenha medo de estar enganada com meu próprio sentir...
Acreditar ou não que os sonhos são possíveis nesse mundo cheio de absurdos?
Entregar-se ou não pra esse sentimento que tantos tentam entender, descrever, viver?
Admitir as fraquezas diante das impossibilidades?
Obrigar que o mundo veja o que eu vejo?
Não sei!
Será que tudo que está diante de mim não é óbvio pra todos?
Perdida em interrogações, em aflições... nos meus medos de não acertar mas não do medo de não amar!
Não posso fugir do que sinto mas as vezes quero fugir da realidade...
Fugir seria a solução?
Desculpe-me o transtorno que minha confusão faz...

5 comentários:

Maggie May disse...

essas tempestades…

minha querida estou sempre aqui viu! torcendo por você e um ombro a disposição!

Sonia Guzzi disse...

Nos ciclos da vida, muitas vezes a confusão acontece, mas também passa.
Fique firme, que o vendaval passará.
Bjs, em divina amizade.
Sonia Guzzi

Gabriella Maciel disse...

pelo menos montanhas-russas tem altos e baixos. E quando a gente sente como se estivesse presa num buraco?

Hope* disse...

Perguntas que só você pode responder...
Porém, há de se avaliar o real tamanho das coisas, de cabeça fria e descansada.
Calma amiga, calma!

:)
Bjoos!

FelisJunior disse...

" Inquietudes que me retém...
Ansiedades que me abstém
Saudades que me vai e vem
Tristezas que não me convém
Coração que me faz refém
Pelo amor de outro alguém..."Arcanjo Miguel
...este turbilhão é assim mesmo...e o novo sempre vem!
Bjs carinhosos!