Pages

sábado, 25 de setembro de 2010

Esperando histórias

Eu procuro as palavras e não as encontro, os assuntos... onde estão? parece que tudo sumiu, minha mente está vazia ou tão cheia que não consegue encontrar nada. Pensei, pensei e nada encontrei. Queria falar de coisas bonitas, coisas que encantasse meus novos visitante, coisas que alegrassem meus amigos... procuras, perguntas...
Acho que posso falar de reencontros.
Recontros de pessoas queridas, solidárias.
Foi gostoso ouvi: você fez falta, estava com saudade, etc.
Não tenho como agradecer o abaço caloroso, o aperto de mão, a batidinha no ombro de quem não sabia o que me dizer.
Existem bons corações e por isso acredito que existe felicidade no final do arco-iris.
Eu queria achar o final do arco-iris  e distribuir com vocês um pouco de felicidade.
Queria escrever coisas que pudesse abrir um belo sorriso no seu rosto agora, ainda não sei o que é... mas eu posso procurar, porque em algum canto da minha cabeça e com certeza do meu coração ela existe, eu só preciso arrumar a bagunça que ela está.
Mas ainda tem muito o que se esperar da vida, e amanhã virão muitas histórias pra contar.

4 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Mas aí é que está, não precisa de assunto certo, não precisa de palavra exata, não precisa me fazer feliz...o bom do seu espaço é que ele é seu e até falando de brincar de amarelinha eu vou gostar sempre de ler você. Bjs

wilton disse...

Um coração que procura a felicidade e quer distribuí-la sempre abrirá belos sorrisos - coração lindo e puro.
O final do arco-ires está tão próximo, meu amor!

HG disse...

Saiba que conseguiste abrir um belo sorriso no rosto, agora... A felicidade é nossa, ahhh, uhhhh!!!

Lori disse...

Simplesmente não sei o q dizer.
Muitas vezes não temos mesmo o q dizer. Só isso.