Pages

domingo, 13 de março de 2011

Sensibilidade

[Do lat. tard. sensibilitate.]
 
Substantivo feminino
 

1.Qualidade de sensível.
2.
Faculdade de sentir; sentimento.
3.Propriedade do organismo vivo de perceber as modificações do meio externo ou interno e de reagir a elas de maneira adequada; excitabilidade.
4. Impressionabilidade. Faculdade de experimentar sentimentos de humanidade, ternura, simpatia, compaixão.
5.Emoção, sentimento, afetividade:





Incrível como existem pessoa sensíveis ao Outro. Uma voz, um olhar, uma entrelinha... Não é preciso falar, não é preciso dizer...
 
Hoje só quero agradecer a Deus o meu caminho, isso mesmo. O caminho que apesar das dores está cheio de amores, que apesar dos erros está cheio de acertos, que apesar dos fracassos está cheio de vitórias.

Hoje agradeço a Deus por todos os dias vividos e porque não agradecer os dias de mais aprendizado.

Agradeço os que me escutam, os que me abraçam, os que me pedem ajuda (porque confiam em mim), agradeço o meu trabalho como as"minhas meninas" da escola que permitem que eu ouse, que invente, que remecha nos conceitos.


Agradeço a vocês que vem aqui saber um pouquinho de mim.

Agradeço... por está viva e poder seguir por qualquer caminho que escolher... hoje!


E agora lembrando os textos de uma "Bela"... o que uma coisa tem a ver com outra?
Sei lá... Só sei que foi assim...
kkkkkkkkkkk

# Não tentem entender, é inútil!


Bijinhos cheio de carinho!

9 comentários:

Mila Lopes disse...

Belo texto...
Adorei!

Bjss

Mila

Shuzy disse...

A gratidão é um sentimento tão nobre! Pena que raramente as pessoas lembram de agradecer. Você é uma linda... Obrigada por existir em minha vida

(*=

Winny Trindade disse...

Sempre acreditei ser muito sensível.

Abraço meu.

Long Haired Lady disse...

sensibilidade é tudo, é a base para o amor, amizade, solidariedade….

Cáh disse...

que bom...
mas, em contrapartida infelizmente existem aqueles que são insensíveis ao outro... é pena...



Um beijo querida!

Borboletas nos Olhos disse...

Ah, mas tem também aquele povo estabanado, que não sabe fazer nem dizer nada direito, que machuca sem querer, que cai e rala os joelhos correndo pra dar um recado...

Você é linda e sua sensibilidade é inspiradora mesmo pra desastradas como eu...

Belos e Malvados disse...

Vou parafrasear a Borboletas: e para desastradas como eu também. (Às vezes é bom demais não ter obrigação de fazer sentido, né?. Bjos.

Wilton disse...

Sua sensibilidade a faz mais linda. Beijo!

Emoções disse...

Belo texto. Lindo blog. Voltarei.
bjos. Fica na paz.