Pages

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Cely

Foi ao acaso. Se é que existe acaso. Tudo aconteceu pra não Ser, mas nós resistimos a isso. Ela estava procurando consultório, com a "certeza" que não iria se envolver com ninguém do novo trabalho.
Logo eu estava pintando o painel do aniversário do Raul, roubando brigadeiro com a Suzi, arranjando desconto pra escola do João Fábio. O que tudo isso tem a ver com ela? Tudo.

E não adianta tentar explicar aqui o que é RECA (isso dá um outro post).
Cely é AMIGA! Vive cercada de pessoas. É como uma "Mãe-Pata com seus filhotes embaixo das asas". Sua casa é o reduto; lugar de ponto de encontro, lugar de alegria. É onde comemoramos os natais, aniversários, almoços, cafés...
Família. Tem uma família linda, resultado de muita dedicação. Um marido "mau" e filhos maravilhosos. Pais e irmão que é como se fossem nossos. Ela tem esse dom de compartilhar, é generosa (mesmo de TPM).
Minha irmã escolhida. Aquela que sei que está ali sempre pronta pra me acolher, me ajudar. É assim. Nos momentos mais difíceis ela aparece como fada madrinha dos contos de fada.
Confidente. Muitas conversas, muitos desabafos, muitos risos, muitos choros. Dividimos muito, somamos muito e isso será para sempre. Muitas afinidades; tantas coisas diferentes e tantas outras iguais.
Ela sabe exatamente o que estou sentindo mesmo que eu não fale. E sei também o que ela pensa e sente. Nosso amor é assim.
Ainda é pouco pra descrever esse coração tão generoso mas não domino tão bem as palavras. Então é melhor finalizar dizendo que Cely é Amor!

2 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Geralmente tenho iúme das amigas das minhas amigas...mas não com Cely, posto que ela tem um sorriso que desarma corações. Bjs às duas

Roberta disse...

A Cely é MARAVILHOSA!!!