Pages

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Era uma vez...

Este seu olhar quando encontra o meu, fala de umas coisas que eu não posso acreditar.
Você me encanta, me seduz; bastar um olhar, um gesto, uma palavra... meu coração dispara, minha respiração ofega, minhas mãos querem te encontrar, o meu corpo quer estar junto ao seu. E como diz os nossos olhares, fala coisas que só a gente consegue ver, entender.
Quero tanto poder concretizar nossos sonhos, torná-los realidade, presente...
Quero ser feliz! Quero colo e dengo. Quero chamego e aconchego. Quero ser admirada, desejada. Quero que você deseje estar sempre ao meu lado. Quero me doar, compreender. Quero ser sua companheira, amiga, eterno amor.
Ver a lua, caminhar ao lado do mar, uma rede na varanda, nosso vinho, nossas músicas. Cada dia uma história, cada dia mais um grãozinho no nosso castelo, cada dia um conhece um pouco mais do outro...
Doce é sonhar, é pensar que você, gosta de mim como eu de você
Como preciso acreditar que nossos sonhos se encontram, se cruzam. Quando estou em seus braço o mundo parece falar do nosso amor, dos nossos ideais, dos nossos desejos. É preciso encontrar os caminhos para concretizá-los. São tantas histórias anteriores, tantos passados, tantos, tantos...
Quero contar o final da história e que ela tenha...
...e foram felizes para sempre!

Um comentário:

wilton disse...

Você é um docê...
Terna...
Sua sensilidade me encanta.